quinta-feira, 6 de maio de 2010

Aparência


Jan Toorop, The prayer, 1924


Se, como o rosto, se mostrasse o coração

Ludovico Ariosto, Orlando Furioso


Ordinariamente vemos grandes resplendores onde não há luz, e grandes luzes sem nenhum resplendor

António Vieira, Sermões


Tudo o que vemos ou nos parece vermos não é mais do que um sonho dentro de outro sonho.

Edgar Allan Poe
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...