sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Os falsos

Não vejo o rosto a ninguém,
Cuidais que são e não são.
Homens que não vão nem vêm
Parece que avante vão.
Antre o doente e o são
Mente cada ora a espia;
Na meta do meo dia
Andais entre lobo e cão.

Sá de Miranda

Jean-Paul Belmondo, O Acossado, de Jean-Luc Godard, 1959


















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...