domingo, 13 de fevereiro de 2011

vida-monólogo

"Existem pessoas tão habituadas a estar só consigo mesmas, que não se comparam absolutamente com outras, mas, com disposição alegre e serena, em boas conversas consigo e até mesmo sorrisos, continuam a tecer a sua vida-monólogo. Se as levamos a compararem-se com outras, tendem a uma cismadora subestimação de si mesmas: de modo que devem ser obrigadas a reaprender com os outros uma opinião boa e justa sobre si: e também dessa opinião aprendida quererão deduzir e rebaixar alguma coisa. Portanto, devemos conceder a certos indivíduos a sua solidão e não ser tolos a ponto de lastimá-los, como frequentemente sucede."

Nietzsche, in Humano, Demasiado Humano

John Wiliam Waterhouse, Destiny
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...