segunda-feira, 7 de junho de 2010

Dupla


Dino Valls, Rorschach, 1991


DAS TROVAS À MANEIRA ANTIGA

Comigo me desavim
Sou posto em todo o perigo
Não posso viver comigo
Nem posso fugir de mim.

Com dor da gente fugia;
Antes que esta assi crescesse;
Agora já fugiria
de mim, se de mim pudesse.

Que meo espero ou que fim
do vão trabalho que sigo,
pois que trago a mim comigo
tamanho imigo de mim?

Francisco de Sá de Miranda (1495-1558)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...